Senta aí que o nosso papo de hoje é sobre um assunto que a gente entende bem: cervejas brasileiras! Errou, se achou que ia ser sobre cueca. Beleza, a gente entende das duas coisas — mas este post vai ser, unicamente, sobre as nossas loiras, ruivas e negras, bem geladas e sagradas do fim de semana.

Se você também se amarra em degustar umas e outras, chega mais. Nós separamos 5 cervejas brasileiras que você deve experimentar — e, caso já conheça alguma, sem problemas! Tome mais um gole dela aqui com a gente.

O boom das cervejas brasileiras artesanais

O surgimento de centenas de marcas de cerveja que aconteceu dos anos 2000 em diante, apresentou para o brasileiro um novo paladar e um mundo de variedades de cervejas. Se antes, a referência eram as cervejas pilsen nacionais de grandes marcas, hoje, as gôndolas dos supermercados oferecem espaço para marcas menores e até mesmo as marcas líderes desenvolveram, ou compraram, cervejas artesanais.

A nossa lista de cervejas

1. Gordelícia Urbana

A primeira de nossa lista de cervejas brasileiras é uma Belgian Golden Strong Ale, de que o nome já explica quase tudo: cheia e saborosa. De coloração âmbar e com boa formação de espuma de média duração, a Gordelícia Urbana é de origem paulista, mas ganha hoje algumas prateleiras de bares e quiosques específicos de outros estados.

No início, tem um sabor próximo a frutas tropicais, em especial a banana. À medida que perde temperatura, ela ganha notas adocicadas e um amargor final bem delicado.

2. Tupiniquim Monjolo Imperial Porter

O estilo Porter foi criado na Inglaterra no século XVI. No Brasil, a Tupiniquim Monjolo Imperial Porter é uma das que representam com maestria. Viscosa e bem negra (com tímidas nuances castanhas), essa cerveja tem um aroma que remete ao café.

Na entrada, isso é confirmado pelo sabor torrefado que, ao final, ganha notas mais adocicadas, como chocolate e baunilha. Mas pode apreciar com calma, que ainda tem mais pela frente!

3. Daoravida Minine New England Session IPA

No estilo Juicy Session India Pale Ale, essa cerveja foi criada por um casal de brasileiros apaixonado pelo simples hobby de produzir e beber com os amigos. Só que a parada ficou séria e hoje a dupla já conta com 10 rótulos de outras cervejas brasileiras.

Seu amargor é limpo e curto, e o aroma é bem intenso — lembra o maracujá. Ela harmoniza bem com carnes, molhos fortes, comidas apimentadas e queijos. Desce suavemente.

4. Invicta Damiana Bavarian IPA

Para comemorar o aniversário de 3 anos, a cervejaria Invicta, de Ribeirão Preto, lançou a Damiana Bavarian IPA. A receita utiliza uma flor conhecida como Turnera Diffusa, comum na América Central pelas suas propriedades afrodisíacas.

Ela é bem leve e frutada, excelente para acompanhar peixes, frutos do mar, empanados e carnes brancas. Simplesmente irada!

5. Trópica Bora Bora

Para fechar com chave de ouro, uma carioca especial. A Trópica Bora Bora é uma cerveja leve e refrescante. O suave toque dos ingredientes, como casca de tangerina e semente de coentro, proporciona um aroma cítrico e perfumado. Uma rica mistura entre a base de maltes de uma Blonde Ale americana e as especiarias de uma Witbier. Enfim, passa a régua, garçom!

Bom, amigo, estas foram as nossas dicas de cervejas brasileiras que dão água na boca. Agora, é só não dar mole de dirigir depois de beber, para não rodar na Lei Seca nem causar um acidente! Até porque a gente ainda tem muito papo para trocar daqui pra frente.

Meu parceiro, esta vez fica por nossa conta. Mas, antes de ir, assina nossa newsletter para ficar por dentro das próximas saideiras!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *